Gotas, gotas, gotas...
 
 
Primeira gota
 
1 - Abra um transparente 400x400 pixels por exemplo. Coloque régua, guia e barra de status antes de começar qualquer traço vetorial, sempre.
Eu nunca escondo as três coisas, não sou ninguém sem elas.

View / Rulers
View / Grides
View / Toolbars / Satatus
 
2 - Preto no fore, transparente no background, ferramenta Pen assim:
 
 
 
Trace uma linha vertical precisamente no meio do quadro (ponto 200 horizontal) de comprimento 300 pixels mais ou menos, ou exatamente, se você preferir, basta ficar de olho nos pontos de início e fim na régua ou no ângulo na barra de staus.
 
 
 
Coloque o cursor nos nós extremos do segmento feito e observe o aparecimento das palavras START e END, que os identificam.
 
3 - Na barra da ferramenta, selecione a setinha Mode pra entrar em modo de edição, clique com o botão direito do mouse sobre o ponto END e selecione Node Type / Curve Before.
 
 
Vai aparecer um ponto de encurvamento sobre a linha, encontre-o. Está difícil? Feche o olhinho da layer Vector e você vai ver com mais facilidade.
 
Sobre o tal ponto o cursor se tranforma num sinal de adição cercado por duas setinhas curvas. Clique e sem retirar o clique, empurre  pra esquerda,  um pouquinho pra cima e encurve como quiser. Experimente, brinque com a ferramenta, entenda-se com ela.
 
 
Dá pra determinar o encurvamento perfeitamente, basta que eu diga até qual ponto no plano cartesiano deve ser levado o cursor e... deixa pra lá, cada um faz a sua gota e ela fica menos indigesta.
 
4 - Cursor no ponto START, botão direito, Node Type/ Curve After. Empurre a seta de encurvamento pra direita e pra baixo até conseguir uma forma harmoniosa de meia gota.
 
 
5 - Duplique a layer Vector. Image / Mirror.
Merge Down.
 
 
Sua forma está pronta para ser usada.
6 - Se você precisar redimensioná-la, faça isso normalmente antes de converter o vetor em Raster para preservar os contornos precisos.
 
 
 
Segunda gota
 
No primeiro caso, fizemos uma forma legal, simétrica e bonita, mas não é tão perfeita quanto parece.
Pra usarmos como shape, é preciso que a forma seja fechada, ou seja, START e END no mesmo ponto e a que fizemos não é.
Olhe na caixa de layers, abrindo o maisinho da layer Vector a gente vê que ela é composta de duas sub-camadas, cada uma com metade da forma ou seja, duas linhas abertas.
Um shape assim, na maioria das vezes gera um figura boa, mas dependendo da deformação aplicada pode resultar numa coisa assim:
 
ou muito pior.
 
O jeito menos complicado pra fazermos uma forma simétrica fechada, pode garantir precisão ou não, dependendo se determinamos os pontos exatamente ou mais ou menos, mas não quero assustar vocês e  vou ser pouco exigente.
 
1 - Abra um transparente 400x400.
Ferramenta Shape / Elipse: Show Nodes e Creat On Vector marcados, width 1, trace uma elipse, mais ou menos assim.
 
 
 
2 - Script Center Layer pra colocar a elipse no meião.

3 - Puxe duas guias verticais, e as posicione sobre os pontos mais a esquerda e mais a direita da elipse.
Puxe uma guia horizontal para mais ou menos 1/4 da altura da elipse.
 
 
4 - Clique sobre a imagem com o botão direito do mouse e selecione Convert to path, pra editar o vetor, cada pedacinho dele e não como um todo.
 
 
 
5 - Posicione o cursor em cada nó lateral, clique e empurre o nó até o cruzamento das guias sob eles
 
 
6 - Posicione o cursor sobre o nó inferior, ele é simétrico, ou seja, qualquer ação será aplicada nos dois lados do nó. Vc vai ver que aparece uma setinha de cada lado.
Cursor sobre uma das setinhas, empurre pra dentro.
 
 
 
Nota: se você mantiver a tecla shift pressionada enquanto empurra setinha, dever ter a horizontal preservada...dizem, mas no meu PSP9, essa ação dá pauu no programa e fecha na minha cara. Cuidado!!! rs
 
 
7 - Cursor no nó superior, o START que felizmente também é END, empurre pra dentro com vontade, até nem ver mais as setinhas.
 
 
 
 
Forma pronta, bonitinha e poligonal fechadinha, tá na hora de fazer o shape!!!
 
 
8 - Vá na caixa de layers e renomeie a camada Vector com o nome que vc deseja pro seu shape.
Abra o maisinho e renomei a sub-camada New Ellipse com o mesmo nome.
 
 
File / Export / Shape
Digite o mesmo nome que vc usou pra camada de sub-camada.
OK e seu shape está pronto.
 
 
 
 
Tem mais uma forma de fazer bem legal, mas deixo pra outra vez porque é um pouco mais complicada.
 
Olha gente, eu sei que parece um bicho de sete cabeças, mas é só um processo cheio de minúcias, nada que exija mais do que paciência e capricho da gente, viu?
 
Se vcs gostarem e tiverem ânimo, a gente faz muitas outras formas, tá? Aceitando sugestão e tudo.
 
Beijos queridas
 
Helô
Abril / 2014