Imagem em movimento

O grande, o quase indecifrável mistério é que isso é feito com.... UMA FONTE!!!

Abra um transparente com as domensões que você quiser.

Trace uma curva, aquela que você quer que o movimento obedeça.

Feche o background, Ferramenta Pen, cursor na extremidade esquerda do quadro, desenhe a poligonal, assim:

Vetor editado (Edit Mode), cursor num dos nós que não os das extremidades, botão direito,  Node Type / Symmetric. Deixe como ficou ou arrume a curvatura como desejar.

Faça o mesmo no outro nó. Pronto, curva traçada.

Aplique. Daqui pra frente, a gente sabe o que fazer. É como a escrita em curva.

Nova layer Vector, ferrmanta texto, escolha numa fonte de figurinhas, aquela que você quiser, configure a ferramenta pra que os elementos fiquem a uma distância legal uns dos outros. Cursor no centro horizontal do quadro, alinhamento no centro, e “escreva” até preencher toda a curva e  mais um pouco.

Na layer com os elementos, Select All, copie e passe pro Animation, como nova animação.

Volte ao PSP, ferramenta texto e edite os elementozinhos.

Coloque um espaço antes do “texto escrito”, ou do primeiro coração, neste caso.

Se você colocar um espaço com a ferramenta formatada como está, os corações todos passam a ocupar a posição do seguinte e não é por aí.

Você tem que diminuir bem o valor na caixa Kerning. Neste caso, selecionei (–150), mas depende da fonte, do tamanho, da curvatura...

OK. Os elementos foram todos um pouquinho pra direita, acertando a rotação sobre a curva (legal!).

Selecione All e passe pro Animation após frame.

Volte ao PSP, refaça o processo, acrescentando mais um espaço antes do “texto”....passe pro Animation depois da última frame.

Repita até que não haja mais descontinuidade no movimento.

Já sabe, acerte velocidade e salve em mng, pra você poder usar sobre seus trabalhos sem que apareçam manchinhas de gif.

Tutorial por Helô Dondon

Exemplo por Marly Vale

Exemplo por LeilaMel

Exemplo por Beti Boppré